Fotos de anúncios III: fotografia de imóveis

ID-10060882Recapitulando sobre a nossa série de artigos sobre fotografia, na primeira parte abordamos os aspectos do equipamento e na segunda parte abordamos aspectos gerais da fotografia. Neste terceiro e último artigo, abordaremos os aspectos específicos sobre a fotografia de imóveis.

Saiba seu objetivo

A primeira (e fundamental) regra para a fotografia de imóveis é: saiba o seu objetivo. Você irá fotografar um imóvel para divulgá-lo para alguém que não o conhece, um possível comprador ou inquilino. E ele fará a primeira visita ao imóvel pela internet, 100% virtual.

Por esse motivo, é importante que você consiga proporcionar ao seu visitante desconhecido um tour virtual pelo imóvel. Procure organizar a sua sequência de fotos de forma que o seu visitante tenha uma noção razoável de como os ambientes se comunicam e sua localização relativa.

Mostre para um colega a sua sequência e, em seguida, peça para que descreva como ele imagina ser o imóvel. Com base no seu relato, você terá uma boa dica de como ordenar melhorar as suas fotos.

Limpe o imóvel

Dê uma boa impressão do imóvel. Se ele estiver ocupado, procure retirar objetos pessoais do foco da câmera, dando destaque à decoração e ao ambiente em si.

Como fotografar com pouca luz é mais difícil, procure sempre fazer suas fotografias durante o dia e, se possível, com iluminação natural. Além de deixar as fotografias com melhor aspecto, ambientes bem iluminados são mais alegres e atraentes para os compradores.

Se o ambiente que você pretende fotografar estiver desarrumado, procure arrumá-lo ou pedir ao morador que arrume antes de tirar suas fotos. O mesmo vale para a cozinha e banheiros, áreas especialmente sensíveis a esse tipo de organização. Nunca fotografe o banheiro ocupado com pertences pessoais ou a cozinha com louça suja. Se possível, substitua o sabonete antigo do banheiro por um novo.

Interfira na decoração

Na mesma linha da dica acima, procure mexer na decoração do imóvel, sempre com a devida permissão do seu morador.

Procure mexer e rearranjar a mobília de modo a melhorar a valorizar o ambiente.

Mexa-se

A regra dada na segunda parte de nossa série de artigos vale: caminhe bastante pelos ambientes antes de iniciar as fotografias. E quando começar, mexa-se, buscando sempre o melhor ângulo para dar mais visibilidade ao imóvel.

Se possível, suba em bancos e escadas para proporcionar à fotografia a melhor visão possível do ambiente fotografado.

Outra importante dica é fotografar a partir de um dos cantos do ambiente. Isso trará maior profundidade à foto e transmitirá ao comprador a sensação de amplitude do imóvel. Se sua máquina tiver lentes grande angulares, procure utilizá-las para essa finalidade.

Evite identificação

Privacidade é algo muito importante, especialmente quando se trata de fotos que vão para a internet. Por isso, evite fazer fotografias que identifiquem claramente os seus moradores. Carros na garagem, por exemplo, devem ser manobrados.

Evite detalhes

O imóvel possui algum detalhe de decoração permanente interessante? Você pode fotografá-lo, mas faça-o de forma que seja possível identificar o detalhe e seu contexto. Não há nada mais frustrante do que uma foto de uma peça de decoração que você não sabe aonde está.

Se a localização do imóvel for boa, aproveite

Sabemos que localização é um importante argumento para a compra de um imóvel. Se um imóvel for bem localizado, aproveite a oportunidade e fotografe. Se estiver de frente para uma bela praça, por exemplo, fotografe-a, de forma que seja possível identificar também o imóvel e sua referência.

Fotografe todo o imóvel, escolha as melhores depois

Aproveite a sua viagem e fotografe todos os ambientes do imóvel. Bata mais de uma foto do mesmo lugar. Não perca sua viagem. Quando estiver de volta ao seu escritório você terá chance de escolher as melhores fotos para o álbum do anúncio, descartando as fotos ruins (fora de foco, tremidas, escuras etc.).

Isso fará com que você evite uma eventual segunda visita, perdendo o seu tempo e aborrecendo o morador do imóvel.

Image courtesy of Keerati at FreeDigitalPhotos.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *