Arquivo mensais:julho 2013

Tenha domínio sobre seu domínio de internet

ID-10063172Segundo a Wikipedia, domínio é um nome que serve para localizar e identificar conjuntos de computadores na net. O nome de domínino foi concebido com o objetivo de facilitar a memorização dos endereços de computadores na Internet. Sem ele, teríamos que memorizar uma sequência grande de números. Quando digitamos um endereço no navegador há uma conversão de letras para números que permite que se abra o site de sua imobiliaria.

O seu domínio de internet é, portanto, tão importante (se não mais) do que o seu número de telefone, por exemplo. Numa era em que as pesquisas na internet se intensificam a cada dia, o seu site é de vital importância para os seus negócios.

E assim como a sua linha de telefone, o seu domínio também tem um dono. E se você descobrir que você não é dono do seu domínio?

Algumas empresas de Internet optam por registrar em seus próprios nomes domínios de internet de seus clientes. Do ponto de vista técnico, é um procedimento perfeitamente possível. Do ponto de vista legal também. Onde está então o problema?

O problema está no fato de que algumas dessas empresas, num gesto claramente mal intensionado, usam a posse sobre o domínio de seus clientes como arma numa eventual rescisão de contrato de prestação de serviços. Se não houver nenhuma cláusula específica, essas empresas não são legalmente obrigadas a entregar os domínios a seus clientes. E aí começa o pesadelo.

Como saber o dono de seu domínio

Para descobrir o dono de seu domínio, basta utilizar o comando whois. Alguns sistemas operacionais possuem este comando, mas também é possível encontrá-lo em sites na internet. Recomendamos o serviço Who is do Registro.br (http://registro.br/cgi-bin/whois/). Basta digitar o seu domínio (sem o www) para consultar todas as suas informações.

Para descobrir se você é o dono de seu domínio, procure pela informação entidade (a razão social, para pessoa jurídica, ou o nome do responsável, para pessoa física) e a informação documento (o CNPJ ou CPF).

Nos próximos artigos vamos tratar de como você mesmo pode registrar o seu domínio e alguns cuidados especiais que você deve ter.

Image courtesy of David Castillo Dominici at FreeDigitalPhotos.net

O que se busca em um sistema imobiliário?

freeimage-8298822-highEsta é (ou deveria ser) a pergunta fundamental feita pelo gestor da imobiliária quando se decide pela contratação de um sistema imobiliário: o que se busca em um sistema?

Algumas respostas são bastante óbvias: um sistema moderno, voltado para a internet, multiusuário e agradável ao uso e intuitivo. Óbvias pois, afinal, são características mínimas que se esperam de um sistema nos para os dias de hoje.

Mas há outros aspectos, normalmente escondidos em linhas miúdas do contrato, que devem ser igualmente observadas. A que trataremos hoje é informação.

Aparentemente é óbvio dizer que o sistema é de propriedade da empresa que o desenvolveu, mas as informações ali cadastradas (dados de clientes, dados de imóveis, dados de compra, venda e locação e todos os demais dados cadastrados) são da sua imobiliária. Mas nem sempre é assim.

Algumas empresas desenvolvedoras de sistemas parecem dificultar a vida das imobiliárias neste sentido, dificultando ou, às vezes, não disponibilizando um becape das informações ali inseridas, alegando impossibilidades técnicas.

O problema todo está na hora de migrar de um sistema para outro. Se o seu atual sistema não oferece um becape das informações, fica impossível migrá-las para um novo sistema. E o que você vai fazer? Cadastrar tudo novamente? Manualmente? E se sua base de dados for composta por um acúmulo de trabalhos de anos e anos?

Já nos deparamos com importações de bases de dados que a imobiliária possuia cerca de 400 imóveis ativos, mas um legado de informação passada de mais de 4 mil imóveis negociados. A mesma base de dados tinha mais de 16 mil contatos de clientes que visitaram a imobiliária durante seus anos de existência.

Se esses dados não pudessem ter sido resgatados como foram, seriam totalmente perdidos, uma perda irreparável.

A imobiliária é uma empresa que trabalha, fundamentalmente com informação. Informação de um bom imóvel e de potenciais compradores para aproximação das partes.

O fastbroker tem um olhar especial para a informação da imobiliária. Por esse motivo, você pode gerar uma cópia de todas as informações do sistema quando quiser, pelo menu Sistema -> Becape. Por esse módulo é possível gerar uma cópia dos dados em formato de planilha e uma cópia das fotos dos imóveis.

Pense nisso quando for contratar um sistema para a sua imobiliária. Questione o becape dos dados. E escolha o fastbroker.